AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Avança projeto do KC da Marinha do Brasil

KC-2 Turbo Trader está em fase de modernização

No dia 15 de novembro, nas instalações da empresa Elbit Systems of America (ESA) em San Antonio, nos EUA, a Diretoria de Aeronáutica da Marinha realizou o primeiro acionamento dos motores de um avião KC-2 Turbo Trader. De acordo com o cronograma, o primeiro voo deve ocorrer em setembro e a entrada em serviço das quatro aeronaves está prevista para começar no segundo semestre de 2021.

Derivado do S-2 Tracker, designado P-16 na Força Aérea Brasileira, o KC-2 recebeu motores atualizados e uma nova aviônica. Já há pilotos navais treinados pela Força Aérea Brasileira, tendo voado aeronaves T-25, T-27 e C-95M.

Apesar de a Marinha do Brasil não contar mais com porta-aviões, a expectativa é que as novas aeronaves ajudem a manter a doutrina de operação. Além disso, poderão cumprir missões de reabastecimento em voo dos caças AF-1 Skyhawk, lançamento de paraquedistas, evacuação aeromédica, apoio às operações de busca e salvamento e transporte de cargas e passageiros. As aeronaves poderão voar inclusive em cenários de contaminação química, nuclear, biológica e radiológica.

Sobre o autor

Redação

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • A não ser pela multa altíssima referente à quebra de contrato, acho, no momento, totalmente desnecessários estas aeronaves. Dinheiro que poderia ser investidos em mais helicópteros, por exemplo, principalmente no projeto UH-X, que visa substituir os cansados UH-12 e IH-6.

Pré – Lançamento!

Pré – Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Produtos

Carrinho