ARTE, CULTURA & LAZER

Bandeirante foi estrela em filme do Batman

Cena utilizou tanto aeronaves reais quanto modelos

Completando 50 anos do seu primeiro voo hoje, as 498 unidades fabricadas do Embraer Bandeirante acumulam várias histórias no Brasil e no exterior. Porém, em 2012 uma unidade se notabilizou por participar do filme Batman – The Dark Knight Rises.

Repleta de efeitos especiais, a cena mostra um Bandeirante ser “laçado” em pleno voo por bandidos ligados ao vilão Bane. A aeronave fica pendurada em um Hércules.

O filme dirigido por Christopher Nolan teve um orçamento de 250 milhões de dólares. A cena com as aeronaves é uma das mais espetaculares. Tanto que concorreu a um prêmio da “Visual Effects Society”, o “Oscar” dos efeitos visuais.

Aeronave é conhecida no exterior como “Bandit”

“Bandido”

Curiosamente, nos Estados Unidos, onde foi utilizado por empresas comerciais de transporte regional, o Bandeirante é chamado de “Bandit”.

Na vida real, a unidade foi fabricada em setembro de 1988, em São José dos Campos (SP). Recebeu inicialmente a matrícula PT-SHZ, tendo voado pela primeira vez em janeiro do ano seguinte.

Em 1995, a aeronave foi entregue para a Guarda Costeira de Cabo Verde, onde recebeu a matrícula FAC-03 e voou até 2008, quando recebeu a matrícula civil ZS-CMO e entrou em serviço na empresa sul-africana Batair Charters. Posteriormente recebeu a matrícula ZS-NVB para voar na Batair Cargo, e assim participou do filme do Batman.

Mas o tempo de fama foi curto. Em 29 de junho de 2013, às 7 horas da manhã, o ZS-NVB caiu quando tentava pousar sob espessa neblina no aeroporto de Francistown, em Bostsuana. Os dois pilotos morreram.

Assista à cena do filme:

Pré – Lançamento!

Pré – Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Produtos

Carrinho