Início » Boeing vai pagar prejuízo do 737 Max
AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Boeing vai pagar prejuízo do 737 Max

Aeronaves 737 Max se acumulam nos pátios da Boeing
Compartilhe essa notícia!

As companhias aéreas Aeromexico, Turkish Airlines, Southwest e American Airlines já entraram em acordo com a Boeing para que a fabricante das aeronaves 737 Max pague os prejuízos causados pela paralisação dos voos do modelo. Somente a American Airlines, que chegou a receber 24 aviões 737 Max e tem mais 76 encomendados, estima US$ 540 milhões de perdas por conta dos cancelamentos de voos. Não foram divulgados os valores envolvidos nos acordos. Em meio à crise, a Boeing chegou até a trocar seu comando.

Em março, a frota mundial de aeronaves 737 Max foi impedida de voar após dois acidentes matarem 346 pessoas e colocarem dúvidas sobre a segurança do modelo. Isso levou a todas as empresas usuárias do avião a cancelar voos, readequar malhas aéreas e até alugar aviões mais antigos para compensar a falta dos 737 Max. No Brasil, a única empresa operadora era a Gol.

No ano passado a Boeing mostrava otimismo sobre a nova autorização para os 737 Max operarem normalmente. Porém, todos os prazos dados pela empresa já foram descumpridos. Hoje, é impossível determinar quando as autoridades de regulamentação vão permitir o retorno das decolagens dos 737 Max.

Leia também:

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

NOVA EDIÇÃO – REVISTA ASAS!!!

NOVA EDIÇÃO – REVISTA ASAS!!!

PROMOÇÃO ASAS

PROMOÇÃO ASAS

LANÇAMENTO!

LANÇAMENTO!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho