AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

British Airways faz campanha pela vida selvagem

A British Airways é membro da força-tarefa do programa United for Wildlife do Duque de Cambridge

Com a mensagem #EndWildLifeCrime (Acabar com os crimes contra a vida selvagem, em tradução livre), um Airbus A380 da British Airways tem feito voos para apoiar a campanha mundial para destacar a ameaça global urgente à vida selvagem e às pessoas do comércio ilegal de vida selvagem. O príncipe Willian embarcou na aeronave para visitar Namíbia, Tanzânia e Quênia.

“Como tantos outros, estou profundamente entristecido pelo número de elefantes, rinocerontes e pangolins que foram abatidos ilegalmente por suas presas, chifres e escamas. Mas o comércio ilegal de vida selvagem também tem um impacto humano devastador. Muitos patrulheiros corajosos são tragicamente mortos todos os anos por caçadores ilegais. As comunidades veem seus meios de subsistência do turista ameaçados. E as receitas do comércio ilegal de vida selvagem financiam redes criminosas mais amplas e ameaçam a segurança. É por isso que me comprometo a fazer o que puder para ajudar a acabar com esse terrível crime global. Este será um foco particular da minha próxima visita à África e, claro, da conferência sobre o comércio ilegal de vida selvagem que acontece aqui em Londres em outubro”, afirmou o Príncipe Willian.

A British Airways é membro da força-tarefa do programa United for Wildlife do Duque de Cambridge. “As companhias aéreas têm um papel importante a desempenhar na prevenção do tráfico ilegal de vida selvagem e continuaremos ajudando a liderar a campanha dentro do setor de viagens”, afirma Alex Cruz, Presidente e CEO da British Airways.

A viagem acontece antes da conferência internacional do governo do Reino Unido sobre o comércio ilegal de vida selvagem. A conferência, que acontece de 11 a 12 de outubro de 2018, reunirá líderes globais para ajudar a erradicar o comércio ilegal de animais silvestres e proteger melhor as espécies mais icônicas do mundo da ameaça de extinção.

O Duque de Cambridge está sendo acompanhado por Charlie Mayhew, fundador e CEO da Tusk Trust, organização britânica sem fins lucrativos criada em 1990 para ajudar a proteger a vida selvagem africana, e Naomi Patron, diretora de programas de conservação da The Royal Foundation, onde o United for Wildlife fica baseado.

Nos últimos 25 anos, a British Airways apoiou a Tusk Trust em sua missão de proteger os animais contra a caça furtiva e o comércio ilegal de animais silvestres, a perda de habitat e o conflito entre humanos e animais selvagens. Em 2016, a British Airways assinou a Declaração de Buckingham Palace do United for Wildlife Taskforce, prometendo seu compromisso na luta contra o tráfico de vida selvagem. Jonathon Counsell, chefe de sustentabilidade do Grupo British Airways é o presidente do grupo ambiental da IATA e o IAG (International Airlines Group), empresa controladora da British Airways, também participa da diretoria de animais vivos e produtos perecíveis.

Sobre o autor

Redação

Um comentário

Clique aqui para comentar

Pré – Lançamento!

Pré – Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Produtos

Carrinho