AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Exército Brasileiro assina licenciamento do radar M60 fabricado pela Embraer

M60 SABER

O ano de 2017 foi repleto de boas notícias para a Embraer. Nesse ano a empresa recebeu várias encomendas de seu treinador EMB A-29 Super Tucano (a última para a Nigéria), o programa do KC-390 atingiu sua Capacidade Inicial de Operação e o preço das ações da empresa brasileira estouraram nas bolsas de São Paulo e Nova York após a confirmação de que a gigante Boeing está de olho na família Embraer de jatos executivos.

As boas notícias não param por aí. Fechando 2017 com chave de ouro, o Exército Brasileiro assinou o licenciamento do radar M60 SABER desenvolvido pelo Centro Tecnológico do Exército e fabricado pela Savis Bradar, controlada pela EMBRAER Defesa e Segurança.

Estavam presentes no evento que celebrou a parceria entre o Exército Brasileiro e a EMBRAER o Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas; o presidente da EMBRAER Defesa e Segurança, Jackson Schneider; e vários oficiais-generais da Instituição; o General de Exército Juarez Aparecido de Paula Cunha , Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército (DCT), e Nilson Santin, presidente da Savis Bradar.

“Hoje é um momento importante para a EMBRAER, para o Exército e para o País”, disse Jackson Schneider que ainda ressaltou o orgulho da parceira com o Exército . Explicou ainda que o licenciamento do radar é o ponto de partida para a comercialização para outros países e o aproveitamento dessa tecnologia em benefício do Brasil.

O Radar SABER M60 está sendo utilizado desde 2012 com destaque para os grandes eventos sediados pelo Brasil como Jornada Mundial da Juventude, onde recebemos a visita do Papa Francisco bem como a Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas Rio 2016.

O M60 rastreia até 40 alvos num raio de 60 quilômetros e transmite informações em tempo real para um Centro de Operações de Artilharia Antiaérea (COAA). Existe ainda a integração com o Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Sisdabra) da Força Aérea Brasileira.

Ele também pode ser integrado a sistemas de armas baseados em mísseis ou artilharia antiaérea.

O baixo peso do M60 facilita sua mobilidade, sendo acondicionado em caixas de transporte que podem ser levadas por aeronaves de pequeno porte, helicópteros, etc. Sua instalação demora 15 minutos e pode ser feita por apenas três técnicos. Pode ser instalado no alto de edificações e é robusto o suficiente para suportar a operação em todas as condições climáticas encontradas dentro do território brasileiro.

Sobre o autor

Rafael Rinaldi

Jornalista, Técnico em Manutenção de Aeronaves e administrador de empresas. Apaixonado por aviação, fotografia e História.

Comente

Clique aqui para comentar

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Produtos

Carrinho