AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

FAB não pensa ainda em comprar mais Gripen

A FAB deve começar a operar o Gripen daqui a dois anos

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, recebeu no dia 26 de fevereiro o Presidente da Saab – fabricante do caça Gripen NG, Hakan Bushke. Entre outros temas, o executivo aproveitou a oportunidade para apresentar novas possibilidades de negócios para a FAB. As ideias compartilhadas com o Tenente-Brigadeiro Bermudez ainda devem ser formalizadas pela Saab para que sejam apreciadas pelo Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER).

“É sempre bom contar com a possibilidade de novas parcerias e projetos. Tratamos dessas perspectivas, mas tudo isso vai depender de uma conjuntura, de orçamento e de um novo contexto. O foco agora é recebermos o primeiro lote de 36 aeronaves já em linha de produção. Quanto ao incremento de atividades, tudo dependerá do que for apresentado e do interesse da FAB. Em relação ao Gripen, não há previsão de mudança do que foi acordado até o momento”, lembrou o Comandante.

Novo Comandante da Aeronáutica é piloto de caça, tendo voado no Mirage III e A-1

Durante o encontro também foram abordados assuntos relacionados ao andamento do processo de capacitação de pessoal e transferência de tecnologia. “Esse é um projeto muito importante e tem sido uma satisfação muito grande tratar de assuntos que dizem respeito ao processo de compra da aeronave Gripen. Encontros como esse servem para alinharmos algumas questões, logicamente, honrando os compromissos assumidos pela gestão anterior e fortalecendo cada vez mais a nossa parceria”, afirmou o Comandante da Aeronáutica.

A importância da manutenção da cooperação existente entre Brasil e Suécia também foi destacada pelo Presidente da Saab ao falar sobre as próximas fases de desenvolvimento do projeto. O representante da empresa sueca destacou a realização do voo da aeronave instrumentada que acontecerá na Europa após a conclusão da etapa atual de concepção do avião.

“Nós terminaremos a produção do primeiro Gripen instrumentado ainda este ano. Já a entrega das aeronaves ocorrerá de acordo com o cronograma previamente fixado. A Força Aérea Brasileira já poderá começar a operar as primeiras aeronaves no Brasil em 2021”, ressaltou o Presidente da SAAB.

A visita foi acompanhada pelo Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic, pelo Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, Antonio Ramirez Lorenzo, e pela comitiva do Presidente da empresa sueca.

Conheça as páginas da revista ASAS no Facebook e no Instagram e acompanhe diariamente notícias sobre a Aviação!

Sobre o autor

Redação

Comentários

Clique aqui para comentar

Nova edição da ASAS!!!

Nova edição da ASAS!!!

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho