AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

FAB utiliza aviões e satélites para combater óleo no litoral

P-3AM Orion
P-3AM Orion. Foto: CB Silva Lopes / Força Aérea Brasileira

Aviões de patrulha marítima da Força Aérea Brasileira já voaram mais de 140 horas em apoio à Operação Amazônia Azul, de localização de manchas de óleo e combate à poluição no litoral. Os P-95M Bandeirante Patrulha e P-3AM Orion fazem voos de observação desde o dia 13 de outubro. Os dados ajudam a Marinha do Brasil a planejar as ações para mitigar os efeitos do crime ambiental.

Em Brasília, Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) também realiza a análise de imagens adquiridas de satélites contratados. “É importante ressaltar que a FAB tem, hoje, autonomia para realizar o imageamento satelital e também os meios aéreos para serem enviados ao local, no caso da verificação de alguma ocorrência por meio dos satélites. A prioridade atual da nossa constelação satelital é a localização do óleo em águas brasileiras”, explica o Chefe do Estado-Maior Conjunto do COMAE, Major-Brigadeiro do Ar Ricardo Cesar Mangrich.

Outra ação da Força Aérea Brasileira é transportar pessoas e equipamentos necessários para combater as manchas de óleo. Aviões C-130 Hércules e C-95M Bandeirante têm sido utilizados para levar mergulhadores da Marinha do Brasil para localidades atingidas. Também já foi realizado o transporte de equipamentos de proteção individual para voluntários.

Leia também:

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

NOVA EDIÇÃO – REVISTA ASAS!!!

NOVA EDIÇÃO – REVISTA ASAS!!!

PROMOÇÃO DE FIM DE ANO

PROMOÇÃO DE FIM DE ANO

PROMOÇÃO ASAS

PROMOÇÃO ASAS

LANÇAMENTO!

LANÇAMENTO!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho