AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Israel inova com unidade multidimensional

Uma tropa multidimensional, que reúne militares com variadas capacidades, é a aposta de Israel para vencer as guerras do futuro

Uma unidade multidimensional. É essa a principal novidade da Israel Defense Forces (IDF) para 2020. Trata-se de um grupo que combina militares de aviação, inteligência, blindados, engenharia e infantaria. Todos atuam juntos, sob um único comando tático, segundo divulgou a Jane’s. Ainda não há um nome público para o grupo.

Aeronaves remotamente pilotadas (os “drones”), blindados rápidos e novas tecnologias de uso em solo, algumas delas ainda em desenvolvimento, devem fazer parte da lista de equipamentos da unidade. A unidade multidimensional tem nível de comando de Tenente-Coronel, o que, segundo a estrutura militar de Israel, equivale a um Batalhão.

De acordo com o The Jerusalem Post, o Tenente-Coronel Ayin será o comandante. Ele teve sua última promoção atrasada por 18 meses após a morte de um militar durante um treinamento. No currículo há o comando da unidade de elite Duvdevan.

A estrutura de comando já havia sido criada há meses, mas agora foram alocados os primeiros militares para o grupo, em número não revelado. Foi revelado que são provenientes da Força Aérea de Israel, dos batalhões Yahalom e Gadsar, da força de comandos Duvdevan, da inteligência e da engenharia de campo. Só não participam, pelo menos até agora, membros de unidades navais.

A novidade é fruto do programa Tnufa, criado pelo General Aviv Kochavi. Trata-se de uma iniciativa de reestruturação das forças armadas em razão das novas ameaças à Israel e às mudanças da guerra moderna. O objetivo específico do novo grupo é ser mais letal em manobras de rápida invasão em territórios hostis, destruindo o máximo de estruturas inimigas no menor tempo possível.

A unidade multidimensional passará por uma série de testes antes de ser lançada em combate. E servirá como um protótipo do que poderá ser multiplicado nos próximos anos na estrutura da IDF, mantendo-se, em paralelo, divisões tradicionais, como os batalhões de infantaria e os esquadrões de caça.

Assine Asas!

Parceiros