AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Japão vai reforçar frota AEW&C

Criado para a US Navy, o E-2 opera no Japão a partir de bases em terra

Convivendo com invasões do espaço aéreo por aeronaves russas e chinesas, o Japão vai reforçar sua frota de aviões dedicados à missão de controle e alerta aéreo antecipado (airborne early warning & control – AEW&C). Nove E-2D Hawkeye vão se somar à frota de 13 E-2C. O contrato está avaliado em US$ 3,1 bilhões.

Os E-2C já estão com vida útil avançada: têm entre 25 e 36 anos de operação. Porém, a intenção é ampliar a frota, e não substituir os modelos antigos. O contrato envolve 10 motores extras, dez radares, equipamentos de manutenção e treinamento.

As aeronaves japonesas, diferentemente daquelas da US Navy, não sofrem o esforço das operações embarcadas. Como operam de solo, também levam mais combustível, tendo autonomia de 8 horas, três a mais que a versão dos EUA.

O Japão também conta com quatro Boeing 767 para a missão AEW&C.

Sobre o autor

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Nova edição da ASAS!!!

Nova edição da ASAS!!!

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho