AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Marinha da Índia inicia concorrência entre Super Hornet e Rafale para seu novo porta-aviões

A Marinha da Índia abriu oficialmente negociações com Boeing e Dassault sobre a compra de 57 caças multifuncionais para operar desde seu futuro porta aviões.

De acordo com o site especializado em assuntos de defesa indianos Livefistdefence.com, a Marinha da Índia recebeu quatro respostas de seus pedidos de informações (RFI) em 2017, contudo, apenas dois estão sendo considerados competidores fortes.

A concorrência coloca frente a frente o Boeing F/A-18 Super Hornet Block III e uma versão modificada do Dassault Rafale M F3R padrão. O processo de solicitação de proposta pode começar ainda esse ano. A marinha indiana ainda está ajustando requisitos operacionais e de pessoal antes de fechar os requisitos de staff aéreo naval (NASR).

Apesar de a marinha não ter estipulado número de motores das aeronaves bem como a configuração de lançamento em sua RFI enviada em 2017, tudo indica que as operações de lançamento das aeronaves serão por catapulta (CATOBAR) o que confirma que os futuros porta-aviões da Índia sejam navios com deck de voo convencional, nivelado, e não com rampas de decolagem tipo ski-jump, como o INS Vikrant, por exemplo.

Sobre o autor

Rafael Rinaldi

Jornalista, Técnico em Manutenção de Aeronaves e administrador de empresas. Apaixonado por aviação, fotografia e História.

Comente

Clique aqui para comentar

VI ENCONTRO DA CULTURA AEROESPACIAL

VI ENCONTRO DA CULTURA AEROESPACIAL

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Produtos

Carrinho