AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novo caça de ataque naval: F-15

Criado inicialmente como um caça de defesa aérea, o F-15 se tornou uma plataforma multifunção, como esse F-15 Strike Eagle da USAF

Com posição estratégica no Golfo Pérsico, e menos de 200 km de distância do litoral do Irã, o Catar decidiu investir em ataque naval. O país vai equipar seus 36 caças F-15QA com mísseis AGM-84L Harpoon Block 2, capazes de atingir embarcações de grande porte a até 124 km de distância.

A versão do míssil também permite seu emprego em ambiente costeiro, contra embarcações de pequeno porte e até alvos em solo. Com peso total de 700 kg, dois desses mísseis podem ser levados por cada F-15QA.

As aeronaves deverão contar com radar AESA Raytheon AN/APG-82(V)1, com modo ar-mar, sensor infra-vermelho infrared search and track (IRST) e onze estações para levar armamentos. Para defesa aérea, nada menos que 16 mísseis AiM-120 AMRAAM podem ser levados nas asas e nas fuselagens. Mesmo em missões de ataque naval quatro dessas armas ar-ar deverão fazer parte da configuração de combate.

Até caças menores, como esse F-16, podem levar o míssil Harpoon, porém com grande sacrifício de raio de alcance.

Conheça as páginas da revista ASAS no Facebook e no Instagram e acompanhe diariamente notícias sobre Aviação!

Conheça as páginas da revista ASAS no Facebook e no Instagram e acompanhe diariamente notícias sobre Aviação!

Nova edição da ASAS!!!

Nova edição da ASAS!!!

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho