ARTE, CULTURA & LAZER

O adeus ao Coronel Cambeses

Além da destacada carreira militar, o Coronel Cambeses se tornou uma referência em história militar

A revista ASAS lamenta comunicar o falecimento do Coronel Manuel Cambeses Júnior, ocorrido nesta quarta-feira, 13 de fevereiro.

Aviador da Força Aérea Brasileira, também foi escritor, palestrante e conselheiro do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER), onde também assumiu a vice-direção. Era ainda membro emérito do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil e membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil.

Entre suas obras estão os livros “A Saga do Correio Aéreo Nacional”, “O emprego do avião na revolução constitucionalista de 1932”, “A primeira travessia aérea do Atlântico Sul” e “Temas estratégicos: Reflexões de um Velha Águia”, este último em quatro volumes. Fez várias contribuições para o “Ideias em Destaque”, do INCAER, e para publicações de instituições militares, onde também se destacou nacionalmente,

Respeitado como historiador militar, atuou como comentarista na CBN, Bandeirantes, Jovem Pan e Globo News. Publicou ainda artigos no “O Globo”, “Folha de São Paulo”, “O Estado de Minas” e vários outros jornais e revistas do Brasil.

Como aviador, acumulou mais de 7.500 horas de voo em 12 tipos de aeronaves: T-6, T-27, T-37, TC-45T, C-47, C-95, C-115 e C-130. Foi piloto de busca e salvamento, transporte de tropa e reabastecimento em voo, além de instrutor na Academia da Força Aérea.

Natural do Rio de Janeiro, o Coronel Cambeses foi casado com a senhora Sônia Martins Cambeses, com quem teve dois filhos: André Luiz e Danielle.

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho