AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Paquistão supera Índia em AEW&C

Fabricados na Suécia, os Saab 2000 AEW do Paquistão contam com radar Erieye

A tensão entre Índia e Paquistão ganhou mais um ingrediente. Em abril, o Paquistão recebeu mais três aviões para a missão de Airborne Early Warning and Control (AEW&C), isto é, Alerta Aéreo Antecipado e Controle. São aeronaves Saab 2000 equipadas com o sistema Erieye, o mesmo dos aviões-radar E-99 da Força Aérea Brasileira, porém em uma versão mais moderna.

Agora, o Paquistão tem um total de seis Saab 2000 AEW&C. Há ainda quatro Shaanxi ZDK-03 Karakoram Eagle, aviões de origem chinesa também especializadas nessa missão.

Com dez aviões para vigiar o seu espaço aéreo, o Paquistão tem o dobro de aviões-radar do país rival. Do lado indiano, são três Beriev A-50, de origem russa, e um par de Embraer 145 equipado com o sistema indiano NETRA. Uma terceira unidade foi mantida fora de operação para testes.

Os Embraer 145 indianos têm sonda para reabastecimento em voo e sistemas eletrônicos desenvolvidos no próprio país

A tensão entre os países está grande desde o fim de fevereiro, quando caças Mirage 2000 indianos atacaram alvos dentro do território do Paquistão e, no dia seguinte, combates aéreos na fronteira deixaram pelo menos um MiG-21 indiano no chão.

Saiba mais:

Caças da Índia atacam alvos no Paquistão

Paquistão derrubou pelo menos um Mig-21 indiano

F-16 não conseguiram abater Su-30 Flanker

Conheça as páginas da revista ASAS no Facebook e no Instagram e acompanhe diariamente notícias sobre Aviação!



Nova edição da ASAS!!!

Nova edição da ASAS!!!

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho