AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Portugal reforça defesa aérea na Polônia

Os caças de Portugal são preparados para cumprir missões em prol da OTAN

Membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Portugal enviou quatro caças F-16 para a Polônia. As aeronaves vão atuar durante dois meses no reforço da defesa aérea na região, no âmbito da operação Assurance Measures 2019. O contingente é de 70 militares.

“A Força Aérea de Portugal posicionou seus caças multimissão F-16 tanto para ações ar-ar quanto ar-solo”, disse o comandante do destacamento, Tenente-Coronel João Rosa. “Isso oferece flexibilidade e proporciona excelente possibilidade de treinamento junto com as forças da Polônia e de outros países aliados posicionados na área. Nós não vamos trabalhar apenas com países da OTAN, e sim também com a Suécia e a Finlândia”, explicou.

Em 2018, quatro F-16 portugueses já haviam feito o mesmo papel na Lituânia.

Originalmente da versão Alfa, a mais antiga, os F-16 de Portugal passaram pela modernização MLU e estão atualmente no mesmo nível tecnológico dos F-16C. São chamados em Portugal de F-16M. Todas as 30 aeronaves estão sediadas em Monte Real, na região central do país.

Tags

Sobre o autor

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho