AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Rafale já voa com as cores de mais um país

Foto: US Air Force

Cinco caças Rafale pousaram no dia 5 de junho na Base Aérea de Dukhan, fazendo do Catar o terceiro país a operar o caça da Dassault, após a França e o Egito. A entrega também marca a velocidade do cumprimento do contrato: a assinatura ocorreu em 4 de maio de 2015.

Naquela data, o contrato de US$ 7,2 bilhões previa 24 aeronaves, um lote de mísseis Meteor e treinamento para pilotos e mecânicos. Em 2017, foi realizada a aquisição de mais doze aeronaves, com custo médio de 92 milhões de Euros por unidade.

A Índia tamém encomendou 36 unidades. Já o Egito adquiriu 24 unidades. A França planejou adquirir 286, mas até agora só encomendou 180, com cerca de 160 em serviço.

Já o Catar, país que receberá a Copa do Mundo de 2022, manifestou o interesse de comprar outras 36 unidades. A minúscula nação (em termos geográficos) também deve operar mais aeronaves novas: 36 F-15QA, 24 Eurofighter Typhoon e 48 helicópteros AH-64E Apache. Hoje, o país conta com doze jatos Mirage 2000.

Com o Rafale, o Catar inicia um processo de renovação que também envolve a compra de caças F-15 e Eurofighter Typhoon

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Sobre o autor

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

PROMOÇÃO RELÂMPAGO

PROMOÇÃO RELÂMPAGO

PROMOÇÃO ASAS

PROMOÇÃO ASAS

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho