AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Sinal verde para maior avião comercial da Embraer

Enquanto os negócios com a Boeing evoluem, a Embraer recebeu sinal verde para as primeiras entregas do E195-E2, a maior aeronave comercial já produzida pela empresa brasileira. A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a Federal Aviation Administration (FAA) e a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency – EASA) certificaram juntas a nova aeronave, que ainda em 2019 já estará em serviço com a Azul Linhas Aéreas e com a espanhola Binter Canarias.

Capaz de levar até 146 passageiros, o E195-E2 disputará mercado com o Airbus A220 e até com versões menores do Boeing 737. Hoje, a empresa brasileira é líder mundial na fabricação de jatos comerciais com até 150 assentos. A companhia conta com mais de 100 clientes em todo o mundo. Apenas para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos firmes e 1.500 entregas.

A chamada “família E-Jets” inclui as versões E170, E175, E190 e E195, com os três últimos agora na versão E2, criada para reduzir o consumo de combustível, diminuir o ruído e aumentar a eficiência. No caso do E195-E2, o consumo de combustível é 25,4% menor por assento em comparação com o E195 da primeira geração. Já os custos de manutenção são 20% menores.

A autonomia máxima do E195-E2 é de 2.600 milhas náuticas (4.815,2 quilômetros) com carga total de passageiros, 600 milhas a mais que o E195. No peso máximo de decolagem, o E195-E2 requer apenas 1.800 metros, enquanto o E195 precisa de 2.180 metros.

O requerimento para certificação dos modelos E190-E2 e E195-E2 ocorreu em julho de 2013. O início efetivo das atividades de certificação do E195-E2, modelo derivativo do E190-E2, foi a partir de 2016 com o primeiro ciclo de submissão dos planos de certificação para análise da ANAC.

As atividades de certificação do E195-E2 consistiram em análises de 490 relatórios de certificação, execução de 109 ensaios de certificação, cumprimento e verificação de 1.457 requisitos, e envolveu a participação de 120 profissionais credenciados pela ANAC, além dos 70 engenheiros e técnicos da Gerência Geral de Certificação de Produto Aeronáutico (GGCP), da Superintendência de Aeronavegabilidade (SAR).

Foram utilizados 2 protótipos do E195-E2 durante a campanha de certificação do E195-E2 – um para testes aerodinâmicos e de desempenho e outro para validar o interior e tarefas de manutenção, entre outros sistemas. Foram executadas 460 horas de voo no total.

Nova edição da ASAS!!!

Nova edição da ASAS!!!

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho