AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Sinal verde para maior avião comercial da Embraer

Enquanto os negócios com a Boeing evoluem, a Embraer recebeu sinal verde para as primeiras entregas do E195-E2, a maior aeronave comercial já produzida pela empresa brasileira. A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a Federal Aviation Administration (FAA) e a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency – EASA) certificaram juntas a nova aeronave, que ainda em 2019 já estará em serviço com a Azul Linhas Aéreas e com a espanhola Binter Canarias.

Capaz de levar até 146 passageiros, o E195-E2 disputará mercado com o Airbus A220 e até com versões menores do Boeing 737. Hoje, a empresa brasileira é líder mundial na fabricação de jatos comerciais com até 150 assentos. A companhia conta com mais de 100 clientes em todo o mundo. Apenas para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos firmes e 1.500 entregas.

A chamada “família E-Jets” inclui as versões E170, E175, E190 e E195, com os três últimos agora na versão E2, criada para reduzir o consumo de combustível, diminuir o ruído e aumentar a eficiência. No caso do E195-E2, o consumo de combustível é 25,4% menor por assento em comparação com o E195 da primeira geração. Já os custos de manutenção são 20% menores.

A autonomia máxima do E195-E2 é de 2.600 milhas náuticas (4.815,2 quilômetros) com carga total de passageiros, 600 milhas a mais que o E195. No peso máximo de decolagem, o E195-E2 requer apenas 1.800 metros, enquanto o E195 precisa de 2.180 metros.

O requerimento para certificação dos modelos E190-E2 e E195-E2 ocorreu em julho de 2013. O início efetivo das atividades de certificação do E195-E2, modelo derivativo do E190-E2, foi a partir de 2016 com o primeiro ciclo de submissão dos planos de certificação para análise da ANAC.

As atividades de certificação do E195-E2 consistiram em análises de 490 relatórios de certificação, execução de 109 ensaios de certificação, cumprimento e verificação de 1.457 requisitos, e envolveu a participação de 120 profissionais credenciados pela ANAC, além dos 70 engenheiros e técnicos da Gerência Geral de Certificação de Produto Aeronáutico (GGCP), da Superintendência de Aeronavegabilidade (SAR).

Foram utilizados 2 protótipos do E195-E2 durante a campanha de certificação do E195-E2 – um para testes aerodinâmicos e de desempenho e outro para validar o interior e tarefas de manutenção, entre outros sistemas. Foram executadas 460 horas de voo no total.

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho