AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Suécia vai prorrogar a vida do Gripen C

O Gripen C pode receber parte da moderna eletrônica do Gripen E, mas tem menos potência, leva menos armamento e tem alcance menor

Com 60 Gripen de nova geração encomendados, a Suécia deve estender a vida útil dos seus caças da versão atualmente em uso, Gripen C (monoplace) e D (biplace). A ideia é que até 2035 o país tenha 60 Gripen E (chamado no Brasil de “Gripen NG”) e 60 Gripen C/D. Hoje, cem unidades da versão atual estão em uso, os mais novos com quatro anos de uso e os mais antigos com 16.

A Suécia mantendo seus Gripen C/D em operação também é uma boa notícia para República Tcheca, Hungria, Tailândia e África do Sul, países que utilizam essa versão da aeronave. Haveria manutenção de um fornecimento normal de peças e a própria Saab continuaria a ofertar propostas de modernização para a plataforma.

Além dos 60 Gripen E para a Suécia, a Saab trabalha para cumprir o contrato de 36 Gripen NG para a Força Aérea Brasileira. Também há a expectativa de vendas para Colômbia, Finlândia, Canadá, Índia, Botsuana, Filipinas e Croácia, além de lotes adicionais para o Brasil.

Com a versão Gripen C/D ainda em uso na Suécia, é reforçada a possibilidade de algumas dessas vendas envolver aeronaves da versão mais antiga, como uma opção para baixar os custos.

Conheça as páginas da revista ASAS no Facebook e no Instagram e acompanhe diariamente notícias sobre Aviação!

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho