AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Super Tucano é finalista para a USAF

Super Tucano avança na concorrência do programa Light Attack Aircraft
A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) emitiu no começo do mês uma minuta do Request for Proposal (RFP) do seu programa Light Attack Aircraft. Duas empresas devem participar da concorrência: a Textron Aviation e a Sierra Nevada, parceira local da Embraer para oferecer o Super Tucano.

 

“Nós devemos desenvolver a capacidade de combater a violência de extremistas a baixo custo”, afirmou Heather Wilson, secretária da USAF. O Chefe do Estado-Maior, General David Goldfein, ressaltou a importância de o projeto prever a integração com os aliados. “Uma aeronave de ataque leve interoperável que ofereça uma arquitetura comum e a capacidade de atuar em uma rede de compartilhamento de inteligência vai aumentar a nossa capacidade coletiva de enfrentar, deter e vencer em todos os domínios”, explicou.

 

O RFP definitivo deve ser emitido até o fim de 2018. Após testes de voos tanto com o Super Tucano quanto com seu concorrente, o AT-6B Wolverine, ainda há alguns pontos que precisam ser definidos antes do lançamento do RFP, mas o Pentágono decidiu que já é prudente começar a conversar com as empresas para ajustar os requisitos e conseguir cumprir o cronograma.

 

A opção de adquirir uma aeronave que já é oferecida pela indústria, ao invés de desenvolver uma nova, faz parte da estratégia para obter as capacidades operacionais de maneira mais rápida e barata. A Sierra Nevada e a Textron foram apontadas como as únicas empresas capazes de oferecer um produto com a capacidade esperada sem extrapolar os prazos estimados.

 

O AT-6 Wolverine é derivado do treinador T-6 Texan II, e já foi derrotado em 2013 pelo Super Tucano na concorrência do Programa Light Air Support (LAS). Vinte unidades foram adquiridas pelos Estados Unidos para treinar pilotos do Afeganistão e posteriormente fazerem parte das forças de segurança daquele país. O programado foi marcado pela pressão para tirar a vitória da aeronave de origem brasileira, que precisou ser declarada vencedora duas vezes.

VI ENCONTRO DA CULTURA AEROESPACIAL

VI ENCONTRO DA CULTURA AEROESPACIAL

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Produtos

Carrinho