AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

LATAM será a primeira operadora do 787 Dreamliner no Brasil

Foto: Oliver Holzbauer

A LATAM anunciou hoje que deve voar a partir de dezembro um novo modelo de aeronave na frota do País, o Boeing 787 Dreamliner. Com isso, a companhia será a primeira aérea do Brasil a operar este avião no território nacional, após término do processo de certificação junto à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

Ao todo, serão 4 aeronaves provenientes da frota do Grupo LATAM no Chile destinadas às operações no Brasil, sendo que a primeira já se encontra em Guarulhos, onde aguarda a finalização dos trâmites para a nacionalização do modelo – hoje com matrícula chilena – de acordo com regulamentação da Agência de Aviação Civil. Essa aeronave pertence ao Grupo LATAM, que atualmente conta com 23 unidades em sua frota.

A LATAM programou para a segunda quinzena de dezembro o primeiro voo com passageiros na rota São Paulo/Guarulhos-Madri. Antes disso, o primeiro voo de certificação está previsto para 27 de setembro em rota doméstica de São Paulo/Guarulhos para Manaus.

“A decisão de colocar em operação no Brasil um modelo que já era utilizado pelo Grupo vem para gerar mais eficiência para as operações internacionais, que terão agora uma única frota – a da família Boeing, com os 767, 777 e 787. Isso vai deixar a companhia mais competitiva para a volta desse mercado”, explica Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil.

A LATAM já realizou o treinamento de simulador dos pilotos no Chile, na CAE Santiago (centro de treinamento terceirizado). Dessa forma, estes tripulantes já estão aptos para voar o Boeing 777 e o Boeing 787 Dreamliner no País. Atualmente, mais de 200 profissionais já foram treinados e cerca de 80 comissários passarão por treinamentos a cada mês.

Hoje, a Latam tem no Brasil 21 Airbus A319, 70 A320, 29 A321, seis A350, 13 Boeing 767 e dez Boeing 777.