AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

B-52 recebe arma para ataque sem danos colaterais

image_pdfimage_print

A Força Aérea dos Estados Unidos já conta com 20 unidades de uma nova arma: um míssil de cruzeiro capaz de penetrar no território inimigo e “fritar” os sistemas eletrônicos de defesa por meio de pulsos micro-ondas, sem causar danos colaterais. A informação foi divulgada em um trabalho investigativo do jornal britânico Daily Mail.

Chamado de Counter-Electronics High Power Microwave Advanced Missile Project (CHAMP), o novo armamento seria montado em mísseis de cruzeiro AGM-86 integrados a bombardeiros B-52. O alcance seria superior a 1.100 km.

Arte do jornal Daily Mail explica o funcionamento da arma

Em 2012, a Boeing anunciou o sucesso do CHAMP. A lógica do armamento é disparar uma grande quantidade de energia micro-ondas em um ponto. Estima-se que cada míssil cruzeiro possa fazer 100 disparos de high-power microwave (HPM).

De acordo com a reportagem do Daily Mail, a nova arma é uma das opções dos Estados Unidos para eventuais intervenções militares na Coreia do Norte ou Irã.

Sobre o autor

Redação

Comentar

Clique aqui para comentar

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros