AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Boeing pode levar produção do F-18 Super Hornet para a Índia

O F-18 e o Rafale saem na frente na disputa indiana por já estarem prontos para operar em porta-aviões
image_pdfimage_print

A briga está acirrada. Rafale, Typhoon, MiG-35, Gripen, Sukhoi 35 e F-18 Super Hornet são os concorrentes para conquistar uma venda de 110 aeronaves para a Força Aérea da Índia e, no caso de Rafale, F-18 e possivelmente do Gripen, mais 57 para a Marinha indiana.

Com apenas uma exportação de F-18 Super Hornet até o momento, para a Austrália, a Boeing joga pesado e agora oferece levar para a Índia a produção dos caças. Fornecedores locais seriam integrados à cadeia de suprimentos naquilo que a empresa chama de “fábrica do futuro”, com as mais avançadas técnicas de produção de aeronaves. As empresas locais Mahindra Defence e Hindustan Aeronautics participariam do projeto.

Além disso, o F-18 Super Hornet oferecido é da versão Block III, com novos aviônicos e tanques conformais na fuselagem para ampliar o alcance.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros