AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Brasília recebe helicóptero de guerra

A Turquia joga pesado com o Brasil. Em fase de promoção do helicóptero de ataque T129 Atak, nesta quinta-feira a empresa Turkish Aerospace Industries fará um voo de demonstração da aeronave no centro de poder brasileiro. O Atak irá voar na região central de Brasília, partindo do QG do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a pouco mais de mil metros do prédio do Comando do Exército e menos de cinco quilômetros do Palácio do Planalto e do Ministério da Defesa.

Quem estiver na área poderá ver no céu da capital um típico helicóptero de ataque, com dois tripulantes sentados em tandem dentro uma cabine blindada e um nariz proeminente onde se destacam um equipamento ótico e um canhão de 20mm. Bimotor, o T129 Atak tem um rotor de cinco pás e pode alcançar até 278 km/h. Nas asas, pode levar foguetes não guiados e mísseis ar-ar (AiM-92 Stinger, Mistral ou AiM-9 Sidewinder) e ar-solo (AGM-114 Hellfire, UMTAS ou CIRIT).

O helicóptero vem à capital brasileira como parte de uma turnê de demonstração iniciada em Taubaté (SP), onde fica o Comando de Aviação do Exército, e que será finalizada na feira de defesa LAAD, que ocorre no início de abril no Rio de Janeiro (RJ). Essa é a primeira vez que o T129 Atak voa na América do Sul.

O objetivo da exposição é claro: atrair o interesse das autoridades brasileiras, em especial do Alto Comando do Exército Brasileiro. Hoje, a Aviação do Exército utiliza helicópteros Esquilo para as missões de ataque, reconhecimento e escolta.

Até o momento, o T129 Atak teve 59 encomendas pelo Exército da Turquia e mais nove para as forças policiais federais daquele país. A entrada em serviço aconteceu no ano passado. O Paquistão também já assinou a compra de 30 unidades.

Assista abaixo ao vídeo do voo realizado na Base do Exército em Taubaté (SP):

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho