AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Embraer entrega segundo KC-390 da “variante OTAN”

Segundo KC-390 de Portugal. Foto: Embraer

A entrega do segundo KC-390 Millenium para a Força Aérea Portuguesa, ocorrida nesta semana, vai além do cumprimento de contrato de venda de cinco unidades. Trata-se do avanço da “variante OTAN” da aeronave, com adaptações solicitadas pelo país europeu e que ajudam a fabricante brasileira nas negociações para exportar o jato para outros membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

“A segunda entrega do KC-390 Millennium para a Força Aérea Portuguesa é mais um passo importante no processo de internacionalização da nossa aeronave, que está aumentando seu reconhecimento no mercado, particularmente entre as nações da OTAN. A Força Aérea Portuguesa é um parceiro de longo prazo da Embraer e tem nos apoiado estrategicamente desde o início do programa. Continuaremos trabalhando em conjunto para avançarmos em nossa parceria nos próximos anos”, diz Bosco da Costa Junior, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança.

KC-390 de Portugal

Estados Unidos, Suécia e outros quatro países-membros da OTAN estão no foco da Embraer para a venda do cargueiro tático. A “variante OTAN” inclui soluções específicas, sobretudo no campo da comunicação. Além de Portugal, República Tcheca, Países Baixos (Holanda) e Hungria, somente para citar nações do bloco militar, já encomendaram o KC/C-390. Também foram feitas vendas até agora para Áustria e Coreia do Sul. A Embraer planeja encerrar o ano com dez aeronaves em serviço no mundo, com as cores do Brasil (7 unidades), Portugal (2) e Hungria (1). A empresa destaca ter atingido todas as certificações necessárias e a frota entregue já ter realizado mais de 13 mil horas de voo, com disponibilidade média acima de 80% e cumprimento da missão acima de 99%.

Em Portugal, o primeiro KC-390 entrou em serviço em 2023. “Com a entrega desta segunda aeronave, vamos acelerar a integração desta capacidade diferenciada na Força Aérea Portuguesa, possibilitando o desenvolvimento de missões operacionais e a preparação de mais tripulantes e técnicos de manutenção para o futuro que se aproxima. Já alcançamos resultados com a primeira unidade, e veremos os KC-390 portugueses voando por todo o mundo com a chegada da segunda aeronave, que seguirá comprovando sua capacidade, versatilidade e disponibilidade, além de proporcionar valor agregado de missão para Portugal, seus parceiros e para suas alianças”, diz o General João Cartaxo Alves, Chefe do Estado-Maior da Força Aérea Portuguesa.

ASSINE A ASAS E GANHE UM ALBUM DE FIGURINHAS: AVIÕES DE GUERRA

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho