AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Mais um país da “cortina de ferro” terá o F-16

Mais de 40 anos depois do primeiro voo, o F-16 ainda conquista mercados
image_pdfimage_print

A Bulgária decidiu: seus atuais 15 MiG-29 serão substituídos pelos F-16V, designação dada às novas aeronaves do Block 70. O país se junta a Romênia, Eslováquia e Polônia no grupo de países que faziam parte do antigo “Pacto de Varsóvia” e escolheram o caça da Lockheed Martin para suas forças aéreas.

A Croácia tentou adquirir caças F-16 usados de Israel, mas a venda foi barrada pelos Estados Unidos. Outro antigo adversário dos EUA que já voa com caças F-16 é o Iraque.

A versão pré-selecionada pela Bulgária, o F-16V, conta com novo computador de missão, melhorias nos aviônicos e na cabine, equipamentos de guerra eletrônica mais avanaçados e o radar APG-83, do tipo AESA. Bahrain e Eslováquia também devem receber a versão.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros