AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Marinha do Brasil salva argentino no mar

Os tripulantes são treinados para apoiar mesmo navios sem convés de pouso
image_pdfimage_print

O verão no Hemisfério Sul promete praias e mares lotados, e a Marinha do Brasil mantém seus meios navais e aéreos prontos para missões de busca e salvamento. A mais recente missão aconteceu no dia 13 de janeiro, na região Sul.

Um helicóptero UH-12 Esquilo do 5º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, sediado em Rio Grande (RS), voou acima do navio “MSC Fantasia” e fez o procedimento chamado de Pick-Up, em que uma maca é acoplada ao guincho lateral.

A bordo do helicóptero, o cidadão argentino de 84 anos precisou passar por um procedimento de ressuscitação cardiopulmonar.

O passageiro foi levado até Florianópolis (SC), onde foi transferido para o Hospital Imperial de Caridade.

Longo alcance

No dia 14 dezembro, uma missão semelhante foi realizada para resgatar o tripulante da embarcação “Amelia Pacific”. Mas neste caso houve uma complicação a mais: o navio estava a 277 quilômetros da Base Aeronaval de São Pedro da Aldeia.

A solução foi utilizar um helicóptero SH-16 Seahawk, que tem alcance maior. No meio do Oceano Atlântico, a tripulação também precisou fazer o Pick-Up. O paciente foi transferido para o Rio de Janeiro.

A próxima edição da revista ASAS terá reportagens sobre a Aviação Naval brasileira. Não deixe de conferir!

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros