AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novo gigante russo completa testes de voo

image_pdfimage_print

Para falar desse helicóptero, você precisa ter um número em mente: 56 toneladas de peso máximo de decolagem. Para se ter uma ideia, C-130H Hércules tem peso máximo de decolagem de 70.300 kg. O peso máximo de um C-105 Amazonas da Força Aérea Brasileira é 23.200 kg, menos da metade do helicóptero.

Quer outro dado interessante?

De comprimento são 40 metros. De altura, 8 metros. De diâmetro do rotor, 32 metros. Um Blackhawk tem 19,76 metros de comprimento, 16,36 metros de diâmetro de rotor e 5,33 metros de altura.

Dito isso, podemos falar da notícia do Mi-26T2V, a nova versão do helicóptero pesado desenvolvido ainda nos tempos da União Soviética e agora produzido pela Russian Helicopters. A aeronave voou pela primeira vez em agosto e acaba de completar seus testes preliminares de voo, o que significa estar próxima da certificação.

Com uma nova suíte de aviônicos NPK90-2V, que inclui melhorias nos sistemas de comunicação, na navegação e piloto automático, cabine com mostradores digitais e uma suíte de autodefesa para operar em ambientes hostis, o Mi-26T2V foi solicitado pelo próprio Ministério da Defesa da Rússia. O fato é que nenhum outro helicóptero consegue fazer o que o Mi-26 faz, então é melhor ter uma versão mais moderna dele.

O requisito é que a nova versão seja capaz de voar sobre terrenos difíceis mesmo em condições climáticas adversas ou ainda sob fogo hostil.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros