AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novo porta-aviões chinês poderá levar 40 caças stealth

Imagem: China Shipbuilding Industry Corporation
image_pdfimage_print

A construção do terceiro porta-aviões da China segue com força. Foi o que revelou uma foto vazada pelo aplicativo Tiktok e que agora circula em meios ocidentais.

Chamado até o momento de Type 003, o navio deve cumprir o estimado por especialistas de ser maior que os dois já em serviço. O deslocamento total deve ficar entre 80 e 85 mil toneladas, acima dos atuais Liaoning (67,5 mil) e Shandong (70 mil), aproximando-se dos navios norte-americanos da classe Gerald R. Ford (100 mil).

Imagem: China Shipbuilding Industry Corporation

O Type 03 deve contar com três elevadores para o hangar e sistema de catapultas, possivelmente eletromagnéticas. Isso vai permitir que as aeronaves de combate a bordo possam decolar com uma carga superior a atualmente permitida pelos dois porta-aviões chineses em serviço, que hoje utilizam uma ski jump. Também será possível utilizar aeronaves de outros tipo, como para transporte e alerta aéreo antecipado (AEW), como o KJ-600.

Imagem: China Shipbuilding Industry Corporation

De acordo com a Marinha dos Estados Unidos, o novo porta-aviões chinês deve entrar em serviço em 2024. As imagens de satélite sugerem a possibilidade de operar com até 40 aeronaves de combate, que podem ser os atuais J-11 (versão local do Sukhoi Su-33 Flanker) ou os novos FC-31, modelo stealth.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 117

O Voo do Impossível

Parceiros