AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novos caças da FAB aguardam certificação para entrarem em serviço

F-39E da FAB decola do Aeroporto de Navegantes. Foto: Müller Marin - Força Aérea Brasileira

Dois caças F-39E Gripen chegaram ao Brasil na última sexta-feira (1º de abril), porém a entrada em serviço com a Força Aérea Brasileira ainda depende de uma última etapa do desenvolvimento desses jatos. A Embraer e a Saab trabalham para conquistar o Certificado de Tipo Militar, uma autorização dada pelo próprio Comando da Aeronáutica para permitir os voos nas unidades aéreas.

O par de jatos permanecerá, até lá, no Centro de Ensaios em Voo do Gripen (Gripen Flight and Test Centre – GFTC), na planta da Embraer, em Gavião Peixoto (SP). Ali, o primeiro Gripen brasileiro, recebido em 2020, voa nos testes para validar o projeto e alcançar a certificação.

Os caças F-39E da FAB aguardam certificação do tipo militar para iniciar as operações. Foto Müller Marin – Força Aérea Brasileira

Isso não quer dizer que a FAB também não avance para formar seu primeiro esquadrão de Gripen. As duas aeronaves, que chegaram a bordo de um navio em Navegantes (SC), voaram até Gavião Peixoto (SP) pilotados por pilotos brasileiros, que já treinaram na Suécia.

Os 36 caças F-39 Gripen devem ser recebidos até 2026.

A FAB já tem pilotos treinados para operar os caças F-39E Gripen. Foto Müller Marin – Força Aérea Brasileira

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho