AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novos radares monitoram fronteira do Brasil com Bolívia e Paraguai

Radar em Porto Murtinho (MS) Foto: CISCEA
image_pdfimage_print

Já está em operação o sistema de radares LP23SST-NG e RSM970S na localidade de Porto Murtinho (MS). O alcance pode chegar a 450 km para aeronaves voando a 30 mil pés. Os equipamentos foram fornecidos pela empresa Omnisys, do grupo Thales.

Não é o único sistema a entrar em operação. Com a instalação dos radares de Corumbá, Porto Murtinho e Ponta Porã, o Brasil passará a contar com uma vigilância aérea que cobrirá toda a fronteira do Mato Grosso do Sul com os países vizinhos.

“A implantação de mais um sensor com tecnologia no estado da arte faz parte do trabalho incessante da Força Aérea Brasileira (FAB) em aprimorar a sua capacidade de vigilância, controle e defesa do espaço aéreo, reforçando as ações para a manutenção da soberania e segurança nessa área”, declarou o Major-Brigadeiro do Ar Sérgio Rodrigues Pereira Bastos Junior. Ele é presidente da Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA).

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 117

O Voo do Impossível

Parceiros