AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Royal Navy opera com F-35B embarcado pela primeira vez

Itália, Turquia, EUA e Reino Unido vão operar a versão de pouso vertical e decolagem curta
image_pdfimage_print

O F-35B continua sua saga para se tornar plenamente operacional. No último dia 25, dois pilotos britânicos realizam pela primeira vez pousos e decolagens a bordo do novo porta-aviões do Reino Unido, o HMS Queen Elizabeth.

Os testes aconteceram na costa leste dos Estados Unidos, pois os F-35B britânicos ainda estão em fase de testes na base aeronaval da US Navy em Patuxent River. Lá, já haviam feito testes com uma rampa semelhante à disponível no navio. Agora, a operação real serviu para a avaliação de mais de 200 itens sobre a integração da aeronave com o porta-aviões.

O Reino Unido planeja adquirir 138 F-35, todos da versão B, de pouso vertical e decolagem curta, a serem operados tanto pela Royal Air Force quanto pela Royal Navy. Até 36 deles poderão ser levados no HMS Queen Elizabeth e mais 36 no seu irmão-gêmeo, o porta-aviões HMS Prince of Wales, que deve entrar em serviço em 2020.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros