AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Novo míssil dos EUA tem alcance e agilidade

A escolha é sempre difícil: ou a agilidade de um míssil para curto alcance ou o bom alcance de um míssil para combate além do alcance visual (BVR). Pois os EUA parecem ter superado esse problema. O projeto “Peregrine” foca na construção de um míssil ar-ar tão manobrável quanto o AiM-9X Sidewinder e com um alcance semelhante ao do AiM-120 AMRAAM.

Não é tudo. O novo míssil deve ter a metade do tamanho do AiM-120 e ter cerca de metade do peso. Isso vai possibilitar um melhor uso do compartimento de armas de caças como o F-35 Lightning II e F-22 Raptor, que para manterem suas características stealths precisam levar mísseis internamente.

Um mockup do míssil foi apresentado durante uma convenção da US Air Force realizada hoje em Washington. Não foram divulgados detalhes, mas fontes da Raytheon prometeram inovações na motorização, no buscador “multimodo” e no desenvolvimento da fuselagem. A arma seria capaz de abater drones, aeronaves e mísseis de cruzeiro.

O AiM-120 já está em operação desde 1991 e deve ser produzido só até 2026. A Lockheed já desenvolve desde 2017 o AiM-260 Joint Advanced Tactical Missile (JATM), previsto para entrar em serviço em 2022. O Peregrine parece ser a aposta da Raytheon para não perder esse mercado.

Leia mais:

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Promoção Relâmpago

Promoção Relâmpago

PROMOÇÃO ASAS

PROMOÇÃO ASAS

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho