AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

15 países da Europa devem implantar defesa antiaérea integrada

Catorze países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) mais a Finlândia, ainda em fase de adesão, assinaram no dia 13 de outubro uma carta de intenções para criar o “European Sky Shield Initiative”. Na prática, haverá a aquisição de de sistemas de defesa aérea para proteção conjunta.

“Este compromisso é ainda mais crucial hoje, quando vemos os indiscriminados e cruéis ataques de mísseis da Rússia na Ucrânia, matando civis e destruindo infraestruturas críticas”, disse o vice-secretário geral da OTAN, Mircea Geoană.

A Alemanha lidera o grupo, formado ainda por Bélgica, Bulgária, Eslovênia, Eslováquia, Estônia, Hungria, Letônia, Lituânia, Noruega, Países Baixos, República Tcheca, Reino Unido e Romênia.

Devem ser adquiridos novos sistemas de defesa antiaérea, que vão operar integrados aos sistemas de defesa da OTAN. Aparecem como possíveis opções técnicas o IRIS-T SLM, o Patriot e o Arrow 3.

Natal ASAS! Grandes ofertas!

Nova edição da ASAS

Carrinho