Uncategorized

7. Paquistão (1.387 aeronaves)

Foto: Lawrence Crespo

Em constante tensão com a Índia, e ao mesmo tempo com relações desconfiadas com o Ocidente, o Paquistão ainda mantém 75 caças F-16A/B no seu acervo, mas o foco tem sido o JF-17 Thunder, desenvolvido em parceria com a China, com 134 unidades em serviço e mais 50 encomendados. Os chineses também forneceram 135 J-7 (MiG-21) ainda ativos. A segunda linha de defesa também conta com 90 Mirage 5 e 87 Mirage III ainda em serviço. Chamam a atenção também os cinco Saab 2000 e quatro Y-8 utilizados como aviões-radar. Não há informações claras se os aviões de combate são capazes de operar com as ogivas nucleares que o país possui.

O próximo país tem uma força aérea poderosa, mas só pode usá-la para fins de autodefesa. Confira o número 6.

Sobre o autor

Humberto Leite

Comentário

Clique aqui para comentar