AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Aérea do agronegócio se reinventa na pandemia

image_pdfimage_print

Conhecida por atender a destinos ligados ao agronegócio há 25 anos, a Asta precisou se reinventar no cenário de pandemia de Covid-19. “Adaptamos alguns processos para o de transporte de cargas de baixo volume, mas com alto valor agregado, especialmente eletrônicos, produtos farmacêuticos, testes e amostras para análises laboratoriais, como os de identificação do novo coronavírus”, revela o CEO da Asta, Adalberto Bogsan.

As três aeronaves Grand Caravan da empresa acabaram mostrando a sua versatilidade. Cada avião é adaptado para os voos, que podem ser de carga, de passageiros ou em configurações mistas. Outra vantagem é poder pousar em pistas de pequeno comprimento e mesmo despreparadas.

A Asta tem voado seguindo os protocolos recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e determinações dos governos para o combate à Covid-19. Todos os passageiros, por exemplo, são obrigados a usar máscaras.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros