AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Até EUA já apostam em convés compartilhado

AH-64D pousa a bordo do já aposentado USS Ponce, da US Navy Foto: MC1 Jon Rasmussen / US Navy
image_pdfimage_print

Foi-se o tempo em que os conveses de navios das marinhas recebiam apenas aeronaves das forças navais. Países com frotas menores, como o Reino Unido, já apostavam em levar a bordo aeronaves do Exército e da Força Aérea. Agora, até os EUA, que contam com centenas de aeronaves na US Navy e US Marine Corps, decidiram investir nesse tipo de operação conjunta.

Sem divulgar o valor, o US Army decidiu investir em um sistema de escape para helicópteros de ataque AH-64E Apache. O Underwater Emergency Egress System (UEES) permitirá salvar a vida dos pilotos mesmo debaixo da água.

A implantação do UEES acontece em um cenário em que as aeronaves do US Army operam cada vez mais a bordo de navios, ao lado dos vetores navais AH-1Z Viper. Porém, o foco dos AH-64 é atuar em operações litorâneas, com um perfil de missão semelhante ao que teriam caso estivessem em uma base terrestre.

No Brasil, a Força Aérea Brasileira já realizou treinamento de utilização de helicóptero H-36 Caracal a bordo do Porta-Helicópteros Atlântico, da Marinha. O Brasil caminha para a interoperabilidade no mar.

Sobre o autor

Redação

Comentar

Clique aqui para comentar

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros