AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Biden cancela venda de F-35 para Emirados Árabes

Foto: Jacob Wongwai / USAF
image_pdfimage_print

O governo de Joe Biden cancelou a venda de caças F-35A para os Emirados Árabes Unidos. A autorização para venda havia sido dada por Donald Trump poucas horas antes de deixar a Casa Branca. Esse tipo de passo para trás era incomum na história recente dos Estados Unidos.

Ao todo, o contrato poderia alcançar 23 bilhões de dólares. Seriam 10,4 bilhões por 50 F-35A, 2,9 bi por 18 drones MQ-9B e um total de 10 bilhões de dólares em armamentos ar-solo. As entregas começariam em 2027.

Até agora, o F-35 havia sido autorizada para venda a países da OTAN (Bélgica, Canada, Dinamarca, Reino Unido, Holanda, Noruega, Polônia, Itália) e países com longo histórico de parceria estratégica com os Estados Unidos (Austrália, Japão, Cingapura, Coreia do Sul e Israel). A Turquia foi expulsa do programa de vendas após decisões políticas do país, incluindo a compra de sistemas antiaéreos de origem russa.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 118! Garanta já a sua na pré-venda!

O Voo do Impossível

Parceiros