AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Bombardeiros Tu-160 provocam quatro forças aéreas em oito horas

A missão de um par de bombardeiros Tu-160 Blackjack era simples: um treinamento de voo de oito horas de duração sobre as águas internacionais do Mar Báltico. Mas isso foi o suficiente para provocar alvoroço nos sistemas de defesa antiaérea. Tudo ocorreu nesta terça-feira dia 21.

Caças Eurofighter Typhoon da Itália, F-16 da Dinamarca, F-18 da Finlândia e JAS-39C da Suécia foram acionados para acompanhar os bombardeiros russos em diversas etapas do voo. Também não estiveram sozinhos: dois Su-35S Flanker, a versão mais moderna do caça russo, e dois Su-27 acompanharam os bombardeiros.

Os caças italianos e dinamarqueses estavam sediados na Base Aérea de Amari, na Estônia. O Ministério da Defesa da Rússia lançou um vídeo que mostra a proximidade das aeronaves:

https://youtu.be/93lWyMrHEjQ

Outra curiosidade da missão é que pela primeira vez um Su-35S se permitiu aparecer no Flightradar 24.