AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Caças de Romênia e Portugal interceptam jatos russos

A Força Aérea Portuguesa anunciou que um par de caças F-16M interceptaram uma aeronave de transporte russa no dia 2 de abril. A ação ocorreu a partir da Base Aérea de Siauliai, na Lituânia.

No dia anterior, quatro F-16M do país foram deslocados para lá por conta da missão Baltic Air Policing 2023. Ao longo de quatro meses, os portugueses vão ajudar na defesa aérea da Estônia, Letônia e Lituânia, países-membros da OTAN que fazem fronteira com a Rússia e que não dispõem de aviação de caça própria.

Não são os únicos jatos na área. Um contingente semelhante de F-16, só que da Romênia, também está em operação na área. Coube aos romenos a interceptação de um caça Su-27 Flanker no dia 7 de abril.

A missão de defesa aérea no Báltico é realizada desde 2004 em um rodízio de países da OTAN. Em geral, são utilizadas as bases de Šiauliai, na Lituânia, e de Ämari, na Estônia. Ocasionalmente também houve destacamentos em Malbork, na Polônia.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho