AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Caças F-22 vão para o Oriente Médio sob alegação de conter ameaças da Rússia

Foto: Marcus M. Bullock

O US Central Command anunciou nesta quarta-feira (14 de junho) que caças F-22 Raptor do 94th Fighter Squadron, sediado na Base Aérea de Langley, serão deslocados para o Oriente Médio para conter o que classificou, em comunicado oficial, de “comportamento cada vez mais inseguro e pouco profissional das aeronaves russas na região”. Não foi informado nem o local de destino, nem o número de caças, nem quando começará ou durará a missão.

“O comportamento inseguro e não profissional das Forças Russas não é o que esperamos de uma força aérea profissional. A violação regular das medidas acordadas de desconflito do espaço aéreo aumenta o risco de escalada ou erro de cálculo”, disse o general Michael “Erik” Kurilla, comandante do US Central Command. “Ao lado de nossos parceiros e aliados, estamos comprometidos em melhorar a segurança e a estabilidade na região.”

O órgão do Pentágono, contudo, ressaltou que as operações devem ocorrer em parceria com países aliados da área, tanto no ar quanto no solo. Também foi ressaltado que o F-22 seria o melhor caça de quinta geração do mundo. O deslocamento também foi classificado como uma demonstração da parceria com as forças amigas e da capacidade de desdobramento de forças.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho