AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Chineses usam jatos JH-7 para lançar minas navais

Foto: Duan Yanbing

Jatos de ataque JH-7 da aviação naval chinesa realizaram no início de julho um treinamento de minagem de uma área do Mar Bohai, já próximo à Coreia do Norte. O objetivo foi exercitar a infiltração na área a baixa altura, sem detecção de eventuais radares inimigos, e o trabalho de minagem de uma área “ampla”, segundo a mídia chinesa.

“Nós simulamos um campo de batalha realístico e focamos em treinar a baixa detecção, penetração a baixa altura e uso de diversos tipos de munição”, disse à imprensa estatal um militar identificado como Wang Wei. Também foi treinada a capacidade de reabastecer no continente e voltar o mais rapidamente possível para uma nova missão.

O Xi’an JH-7, batizado pela OTAN como Flounder, entrou em serviço em 1992. Haveria cerca de 120 unidades em voo na força aérea e 120 na aviação naval. Com dois motores Xian WS-9, pode superar Mach 1.5 e levar até nove toneladas de armamentos, sendo comparável ao europeu Tornado, ao russo Su-24 Fencer e o norte-americano F-111 Aadvark.