AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Com Gripen E e C no mercado, Suécia manterá os dois modelos em voo

Bem mais avançados que os Kfir, o Gripen C, como esse da República Tcheca, seriam uma solução de menor custo que o Gripen E
image_pdfimage_print

O Gripen é uma aeronave em luta por espaço. Hoje, quatro países avaliam a compra do F-39E, semelhante ao selecionado pelo Brasil, e outros quatro analisam a compra da versão anterior, o F-39C. A permanência dos dois modelos no mercado acabou ajudando a definir a frota da Flygvapnet, a força aérea da Suécia.

Atualmente com 71 F-39C e 23 F-39D, a Flygvapnet deve permanecer com todos os F-39D para treinamento e cerca de 30 F-39C. Um total de 60 caças F-39E estão encomendados e a ideia inicial era manter apenas este modelo novo após 2026.

Na prática, dos seis atuais esquadrões equipados com F-39C/D, quatro farão a evolução para o F-39E, e dois permanecerão com os modelos antigos. Não há ainda a confirmação de que futuramente esses dois esquadrões também serão reequipados com a nova versão do caça.

A permanência de parte dos Gripen C/D em ação tem outra razão. O Ministério da Defesa do país revelou os planos de aumentar seus gastos em mais de 40% entre 2021 e 2025, boa parte por conta da tensão com a Rússia.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Sobre o autor

Redação

Comentar

Clique aqui para comentar

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros