AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Embraer anuncia contratos no Oriente Médio e leste asiático

Imagem: Embraer

A fabricante brasileira Embraer comemora a assinatura de contratos para exportação da sua família de aeronaves comerciais batizadas de E2, modelos desenvolvidos para serem mais silenciosos e econômicos. Nos últimos cinco dias, foram anunciadas 17 vendas, sendo nove para a companhia aérea Scoot, de Cingapura, e oito para a Royal Jordanian Airlines. As entregas começam em 2024 e 2023, respectivamente. As duas vendas ocorrem por meio da Azorra, empresa de leasing de aeronaves.

No caso da Scoot, uma subsidiária low-cost da Singapore Airlines, serão nove E190-E2, com até 150 assentos. A empresa voa para destinos na região da Ásia-Pacífico, Oriente Médio e Europa. “O acordo para incluir nove novas aeronaves E190-E2 em nossa frota nos permite continuar operando uma frota moderna e com baixo consumo de combustível, além de apoiar nossa estratégia de crescimento de rotas, servindo destinos regionais fora de Singapura”, afirma Leslie Thng, CEO da Scoot. “Como a primeira companhia aérea de Singapura a operar os jatos E2, estamos entusiasmados em trabalhar com nossos parceiros da Embraer para melhorar a conectividade de nossa malha e aumentar as opções de viagem para nossos clientes”.

Já a Royal Jordanian Airlines encomendou quatro E190-E2 e quatro E195-E2. A seleção da aeronave brasileira está alinhada com os objetivos estratégicos da companhia aérea de renovar e ampliar a frota em operação nos destinos da região, que inclui países como Israel, Líbano, Síria e a própria Jordânia. O plano estratégico almeja impulsionar ainda mais a posição da companhia aérea como a preferida na área, posicionando Amã como a principal porta de entrada para passageiros daquela parte do Oriente Médio.

Imagem: Embraer

“Após extensos estudos de viabilidade, a Royal Jordanian selecionou o E2 da Embraer como o mais adequado para seus objetivos financeiros e estratégicos. A companhia aérea opera aeronaves da Embraer há 15 anos e o E2 reduz significativamente os custos de investimento em treinamento de pilotos e fornecimento de peças de reposição. Além disso, também otimizamos os custos de programação e manutenção de nossa tripulação” afirma Samer Majali, Vice-Presidente do Conselho de Administração e CEO da Royal Jordanian Airlines. 

“A aeronave também oferece economia de combustível de 25% em comparação com as aeronaves atuais, resultando em custos operacionais menores e reduções significativas de emissões de carbono. Essas variáveis dão suporte para a estratégia e as metas ambientais da companhia. Também estamos satisfeitos em trabalhar novamente com a equipe da Azorra e agradecemos a confiança deles na Royal Jordanian e no E2”, completa.

Embraer E-2

O E190-E2 faz parte da nova geração da família de jatos comerciais E-Jets E2 da Embraer, que entrou em operação em 2018. Companhias aéreas como KLM, Porter e Azul já operam os E2 e novas operadoras, incluindo  Salam Air e TUI, foram anunciadas recentemente.

O E190-E2 e o E195-E2 foram projetados com base nas 20 milhões de horas de experiência acumuladas pela primeira geração de E-Jets. Os E-Jets de primeira geração estão entre os jatos comerciais de maior sucesso na indústria e continuam a operar em todo o mundo, com mais de 80 companhias aéreas em 50 países, somando mais de 1.700 unidades entregues.

A família de aeronaves E-Jets E2 da Embraer registram redução de 25% nas emissões de carbono e no consumo de combustível em relação à geração anterior. A empresa está comprometida com o desenvolvimento de produtos, soluções e tecnologias para contribuir com a meta da indústria da aviação de emissão zero até 2050. A Embraer planeja ser neutra em carbono até 2040 e atingir um crescimento neutro em carbono a partir de 2022. A companhia também tem a meta de implementar 25% de combustível sustentável de aviação (SAF) em suas operações até 2040 e 100% de fontes de energia renováveis ​​até 2030.

Em junho de 2022, já com a certificação para operações com misturas de combustível de aviação sustentável (SAF) de até 50%, o E195-E2 completou com sucesso um voo de teste usando 100% SAF, reforçando ainda mais o compromisso da Embraer com a redução de emissões e a aviação sustentável. O E195-E2 é a maior aeronave da família de E-Jets E2.

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho