AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Embraer negocia jatos para transporte de carga

A Embraer está agora no mercado de transporte de carga. A empresa passou a oferecer no mercado os E190F e E195F. A conversão completa para cargueiro está disponível para todas as aeronaves E190 e E195, com entrada em serviço prevista para o início de 2024. A Embraer enxerga um mercado para aeronaves desta dimensão de aproximadamente 700 aviões ao longo de 20 anos.

Os E-Jets de carga terão 50% a mais de capacidade de volume e três vezes mais autonomia do que os grandes turboélices de carga e custos de operação até 30% do que os jatos narrowbodies. O E190F pode transportar uma carga útil de 23,600 libras (10,700 quilos) enquanto o E195F pode transportar uma carga útil de 27,100 libras (12,300 quilos).

“Perfeitamente posicionados para preencher a lacuna no mercado entre cargueiros turboélices e jatos narrowbodies maiores, a nossa conversão de E-Jets P2F chega ao mercado em um momento em que a procura de frete aéreo para carga continua a decolar, e à medida que o comércio eletrônico e o comércio em geral passam por uma transformação global”, afirma Arjan Meijer, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial.

A conversão para cargueiro será realizada nas instalações da Embraer no Brasil e inclui: porta de carga do convés principal; sistema de movimentação de carga; reforço do piso; barreira de carga rígida (RCB) – Barreira 9G com porta de acesso; sistema de detecção de fumaça no cargueiro, incluindo extintores de classe “E” no compartimento de carga superior; alterações no sistema de gestão do ar (arrefecimento, pressurização, etc.); remoção interior e provisões para transporte de materiais perigosos.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho