AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Empresa brasileira se destaca na compensação de carbono

Foto: Amaro Aviation

Destaque pelas ações de sustentabilidade e responsabilidade social, a Amaro Aviation avança agora para a área de compensação de carbono. Todos os voos de traslados dos dois jatos Pilatus PC-24 e do turboélice PC-12NGX da empresa apoiam projetos ambientais.

A empresa é parceira desde o ano passado da instituição sem fins lucrativos Black Jaguar Foundation e tem ampliado gradatividade as ações de compensação. São beneficiados os biomas cerrado e amazônia.

O tema é global. Em outubro de 2022, mais de 190 países assinaram acordo com a Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO) para que empresas aéreas neutralizem a emissão de carbono até 2050. Atualmente, o setor de transporte aéreo é responsável por cerca de 2,5% das emissões globais de CO2.

Embora o Brasil demonstre grande potencial de liderar a produção de combustível sustentável, o chamado SAF, com mais de 600 milhões de litros produzidos no último ano, a Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA) estima uma capacidade insuficiente, por enquanto, de suprir sequer 1% do setor.

Sobre o autor

Redação

Comentar

Clique aqui para comentar

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho