AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

FAB avalia KC-390 para missões especiais

A Embraer e a Força Aérea Brasileira (FAB) anunciaram o início de estudos colaborativos para identificação de potenciais adaptações de plataformas para missões de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (IVR). As plataformas a serem utilizadas já são operacionais na Força Aérea Brasileira, como o KC-390 Millennium.

Vale ressaltar que o anúncio não restringe o desenvolvimento ao KC-390, podendo ser utilizadas outras aeronaves. Destaque também a concepção artística divulgada, que mostra o KC-390 armado, em uma versão MPA (Maritime Patrol Aircraft). Há anos havia a especulação do uso da aeronave multimissão para tarefas que vão além do transporte e do reabastecimento em voo.

“A Força Aérea Brasileira monitora constantemente sua capacidade de pleno atendimento das missões no contexto atual, ao mesmo tempo que olha para os desafios futuros e a evolução das tecnologias. Estudar a aderência e adaptabilidade de plataformas da Embraer aos desafios futuros das missões IVR é um caminho natural para maximizar comunalidade e autonomia tecnológica”, aponta o Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, Comandante da Aeronáutica.

“A Embraer tem um histórico bem-sucedido na adaptação de suas plataformas para diferentes objetivos. Os estudos conjuntos permitirão a ampliação do portfólio de soluções para atendimento das necessidades operacionais em missões de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento da FAB e de potenciais clientes internacionais. Este é mais um passo importante na relação de longo prazo entre Embraer e FAB”, afirma Bosco da Costa Junior, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança.

O anúncio ocorreu na Feira Internacional do Ar e Espaço (FIDAE), contando com a presença de Bosco da Costa Junior, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança; e do Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, Comandante da Aeronáutica.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho