AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

FAB e Embraer iniciam processo de modernização dos A-29 Super Tucano

A-29 da Força Aérea Brasileira

A Embraer e a Força Aérea Brasileira (FAB) anunciaram hoje, durante a 54ª edição do Paris Air Show International, que deram início aos estudos para atualização tecnológica conhecida como midlife upgrade (MLU) das aeronaves A-29 Super Tucano. Não foi detalhado ainda o que será incluído na modernização.

A modernização da FAB, porém, poderá irá incorporar avanços já vistos em versões posteriores da aeronave, em uso em outros países. Entre os exemplos estão sistema aviônico de quinta geração com capacidade de expansão, sistemas de navegação e comunicação, ampliação da gama de armamentos, sensores de vigilância e de autoproteção da aeronave, além do aumento da consciência situacional com melhorias na interface homem-máquina.

Atualmente a FAB possui uma frota de 60 aeronaves A-29, operando em cinco esquadrões diferentes, com mais de 325 mil de horas de voo. Com mais de 260 unidades entregues em todo o mundo, a aeronave já foi selecionada por mais de 15 forças aéreas, incluindo a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF).

Francisco Gomes Neto, Presidente e CEO da Embraer. Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, e Bosco da Costa Junior, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança

O A-29 pode realizar uma ampla gama de missões, incluindo ataque leve, vigilância e interceptação aérea e contra-insurgência. Além das funções de combate, a aeronave é amplamente utilizada como treinador avançado. No Brasil, também é usado no Esquadrão de Demonstração Aérea, chamado popularmente de “Esquadrilha da Fumaça”.

A capacidade do Super Tucano de simular missões de combate e fazer upload e download de dados de voo o tornaram uma plataforma de treinamento altamente eficaz. Como uma verdadeira aeronave multimissão, o A-29 é flexível o suficiente para fornecer às forças aéreas uma única plataforma para ataque leve, reconhecimento armado, apoio aéreo aproximado e treinamento avançado, otimizando assim suas frotas.

“Desde sua entrada em operação na Força Aérea Brasileira, o A-29 tem desempenhado com excelência as diversas missões para as quais foi designado. A atualização proposta deverá permitir à Força Aérea manter a plataforma moderna e ampliar o uso operacional dessa versátil e extremamente confiável aeronave por muitos anos à frente”, disse o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno.

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho