AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Fabricante do Gripen vende 2 aeronaves por 1 bilhão de dólares

image_pdfimage_print

A empresa sueca Saab conquistou no dia 30 de novembro um contrato de pouco mais de 1 bilhão de dólares para o fornecimento de duas aeronaves para o Emirados Árabes Unidos.

Como é de se esperar, não são aeronaves comuns: os dois jatos executivos Bombardier Global 6000 são equipados com todos os equipamentos necessários para prover vigilância no mar, no solo e no mar, simultaneamente. O conjunto do sistema é chamado de GlobalEye.

O destaque é o fato de levar dois radares: para alvos aéreos há o Erieye ER, de nova geração, com antena fixa e do tipo Active Electronically Scanned Array (AESA). Isso permite atuar tanto buscando alvos em uma área maior quanto, se for o caso, concentrar toda a energia do radar em um único ponto de interesse. Já para alvos no solo e no mar há o Seasprey 7500E. Há ainda o modo de abertura sintética inversa (ISAR) para identificar os alvos, complementado por um sistema eletro-ótico. Há ainda sistemas de comunicação avançados e de guerra eletrônica. Sobre o mar, o GlobalEye seria capaz de detectar alvos do tamanho de um periscópio.

Segundo a Saab, voando a 35 mil pés de altura (cerca de 10,6 km), um GlobalEye pode detectar a 458 km de distância um alvo voando a 60 metros de altura, em um típico perfil de voo a baixa altura para evitar detecção. Por conta da curvatura da terra, um radar em solo só conseguiria localizar um avião voando assim a 152 km de distância, na melhor das hipóteses. Contra alvos a grandes alturas, o GlobalEye tem um alcance de até 650 km.

O uso do jato executivo Bombardier Global 6000 permite uma autonomia para missões de até 11 horas. O espaço interno permite instalar os equipamentos e também os assentos necessários para a tripulação, havendo também uma área de descanso para haver rotação entre os operadores de sistemas.

Os Emirados Árabes Unidos receberam seu primeiro GlobalEye em abril de 2020, de uma compra de duas unidades realizada em 2015. A segunda foi recebida em setembro. Uma terceira também há havia sido encomendada, sendo esperada para até o fim de 2021. Com a compra de mais duas, o total, portanto, chegará a cinco, com entregas concluídas até 2025.

A Saab também oferta o sistema para a Finlândia, em complemento à possível venda do Gripen E.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 118! Garanta já a sua na pré-venda!

O Voo do Impossível

Parceiros