AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Forças aéreas da Europa, Ásia e América realizam treinamento com mais de 70 caças

F-18 da Finlândia durante exercício Cobra Warrior 2023 Foto: Royal Air Force

A edição 2023 do exercício Cobra Warrior, realizado ao longo de março no Reino Unido, se caracterizou pelo seu caráter global. Além das forças aéreas dos Estados Unidos, Bélgica e da própria Royal Air Force, habituais parceiras em treinamentos no âmbito da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Finlândia, Árabia Saudita e Índia se uniram ao esforço conjunto para trocas de experiências.

Focado em tarefas ar-ar, como combate aéreo próximo e a longa distância, o treinamento foi de alto nível, se destacando pelas aeronaves que participaram. Estados Unidos e Reino Unido, por exemplo, usaram seus F-35A Lightning II, junto aos F-15E Strike Eagle e Eurofighter Typhoon, respectivamente. A Bélgica enviou seis F-16C, a Finlândia seis F-18C e Arábia Saudita mais seis Typhoon. Já a Índia fez sua estreia com cinco Mirage 2000, não tendo enviado seus Sukhoi Su-30, que por lá são os principais vetores de defesa aérea.

Ao todo, foram 70 aeronaves participantes. Reabastecedores Voyager (A330 MRTT) do Reino Unido e helicópteros das forças armadas do país também foram usados em missões associadas, permitindo treinamentos de escolta e proteção a aeronaves de alto valor. A OTAN também destacou a integração com militares destacados em células dos setores cibernético e espacial, ainda que não tenha havido detalhamento público sobre como isso ocorreu.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho