AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

França recebe helicópteros navais de nova geração

H160 da Marine Nationale. Foto: Marine Nationale

A Marine Nationale da França recebeu oficialmente hoje (22 de setembro) seu primeiro helicóptero Airbus H160. A aeronave faz parte de uma frota de seis unidades que vão cumprir missões utilitárias e de busca e salvamento, em substituição aos Aloutte III.

O modelo é derivado da modelo civil H160, já reconhecido como um divisor de águas no mercado executivo. Anteriormente conhecido como X4, o H160 é tratado como um “game changer” desde o seu lançamento, em 2011. O projeto se destaca pela suíte de eletrônicos Helionix e pelas pás Blue Edge. Unidades já estão em serviço com clientes VIPS, incluindo um no Brasil.

O modelo tem maior disponibilidade, menor vibração, menor ruído e controle facilitado com o fly-by-wire, quando comparado com as aeronaves de gerações anteriores. Os processos de desenvolvimento, produção e suporte se valem de ensinamentos colhidos com o Airbus A350, jato de passageiros mais moderno da empresa.

Com dois motores Turbomeca Arrano, o H160 é capaz de executar uma ampla gama de missões civis, como transporte offshore, serviços médicos de emergência, aviação comercial e privada e serviços públicos. O peso máximo de decolagem é de 6.050 kg, o que permite levar dois tripulantes e até doze passageiros. A velocidade de cruzeiro fica em 287 km/h e o alcance chega a 850 km. O teto de serviço é de 5.900 metros, o que significa operar em segurança em praticamente todas as partes do planeta.

H160M deve ser utilizado pela França, mas há grandes expectativas sobre exportações. Foto: Airbus

H160M Guépard

Ainda que inovadora, a frota de H160 para serviço militar, porém, é apenas interina. Os franceses já se comprometeram a adquir 169 unidades do H160M Guépard, uma versão inteiramente miltitar, esperada para entrar em serviço em 2026. A aeronave deve substituir os Fennecs, Gazelles, Aloutte III, Dauphin e Panther das forças armadas francesas.

O projeto é conhecido pela sigla HIL – Hélicoptère Interarmées Léger, ou helicóptero leve de uso conjunto das forças armadas. O H160M deverá ser capaz de voar missões de reconhecimento armado, apoio de fogo, ataque naval com mísseis, defesa aérea, infiltração de forças especiais, busca e salvamento, evacuação médica e inteligência.

O H160M será equipado com o sistema eletro-ótico Safran Euroflir 410, a suíte de aviônicos Thales FlytX e o radar AirMaster C, além do sistema de visor e mira no capacete Thales TopOwl. Entre os armamentos, estão previstos os mísseis Sea Venom.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho