AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Helicópteros Mi-35M terão serviço de manutenção no Brasil

image_pdfimage_print

Operados pela Força Aérea Brasileira com a designação AH-2 Sabre, os helicópteros Mi-35M terão serviço de manutenção no Brasil. A Russian Helicopters anunciou a assinatura de um acordo com a empresa IAS – Indústria de Aviação e Serviços, localizada em São José da Lapa (MG).

A empers já trabalha com centro de serviços da Rolls-Royce, Honeywell, Pratt & Whitney Canada, Klimov e ST Engineering, sendo responsável pelo suporte dos componentes eletromecânicos dos caças F-5 da FAB. Agora, a IAS receberá kits para reparos dos helicópteros Mi-35M.

“Demos importância especial a esse projeto e estamos prontos para a sua implantação. Estou certo de que nossos sócios brasileiros poderão resolver rapidamente uma série de problemas técnicos para começar a trabalhar”, afirmou Andrei Boginsky, diretor-geral da Russian Helicopters. Os Mi-35M da FAB terão itens reparados no Brasil e outros enviados para a Rússia, para troca ou conserto.

A Russian Helicopters ressalta que os Mi-35M já tem uma longa história de serviços com a Força Aérea Brasileira, incluindo as operações de segurança nos Jogos Olímpicos, Copa do Mundo, Copa das Confederações e Rio+20, além das operações Ostium e Ágata, de defesa das regiões de fronteira. As primeiras unidades foram recebidas em 2009.

Em 2018, o então comandante do Esquadrão Poty, Tenente-Coronel Rômulo Amaral, ressaltou em entrevista ao canal da Russian Helicopters a confiança nos Mi-35M. “A adaptação dos helicópteros russos às condições da Amazônia se deram com êxito e, apesar das diferenças climáticas entre o Brasil e o país onde o helicóptero foi desenvolvido, a adaptação foi mínima. O helicóptero demonstrou ser realmente confiável”, afirmou.

Segundo o militar, a multifuncionalidade também é uma vantagem. “A região amazônica permite que a aeronave de asa rotativa demonstre sua versatilidade ao máximo, por poder operar em pistas não preparadas, poder aterrissar em qualquer superfície, incluindo em áreas remotas, e operar com uma infraestrutura terrestre mínima, independente das condições climáticas, proporcionando uma cobertura de combate constante”, explicou.

A Russian Helicopters apresenta o Mi-35M como o único helicóptero de combate do mundo também capaz de transportar até oito militares armados ou até 1,5 tonelada de carga na sua cabine, ou mesmo 2,4t em um gancho externo. Missões de evacuação de feridos também é possível, com a vantagem da autoproteção. Segundo o fabricante, a operação está garantida em ambientes com temperaturas que vão de -50ºC a até 50ºC.

Lançamento! ASAS 117

O Voo do Impossível

Parceiros